PEARL JAM (Morumbi/SP) – 04/11/2011

68 mil pessoas, 29 músicas, duas horas e quinze minutos de catarse coletiva, simpatia, honestidade, talento e muito, muito rock ‘n’ roll. Acho que isso resume bem o que foi a segunda apresentação do Pearl Jam no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Diferentemente do que ocorreu em 2005, dessa vez não pude ir aos dois shows da minha banda favorita em São Paulo, uma pena. Mas fui plenamente recompensado por uma apresentação maravilhosa nesta sexta-feira. Tenho certeza absoluta que o Pearl Jam é a única banda no mundo que pode fazer dois shows seguidos com setlists muito diferentes sem comprometer ou causar grandes frustrações. De quinta para sexta-feira apenas doze (das 26) músicas foram tocadas novamente.

E a banda é demais mesmo. Eddie Vedder é um frontman perfeito, canta muito e tem carisma de sobra. Os guitarristas Stone Gossard e Mike McCready (seus solos são demais!) fazem uma dupla sensacional e a cozinha formada pelo baixista Jeff Ament e pelo batera Matt Cameron garante o poderio rítmico da banda. E que belo show fizeram esses caras ontem. O PJ subiu ao palco às 21h17 ao som da paulada “Go”. Logo emendaram outra pedrada “Do the Evolution”. Resultado? Jogo ganho!

Os reis do grunge mesclaram com sabedoria baladas e rocks mais furiosos e ainda puderam apresentar músicas novas como “Olé” que estará no próximo disco da banda e canções mais intimistas como as belas “Setting Forth” da trilha sonora do filme Na Natureza Selvagem (álbum solo de Eddie Vedder) e “Inside Job”. As covers também não ficaram de fora. Casos da onipresente “Last Kiss” e de “Baba O’ Riley”, do The Who. Para os saudosistas, destaque especial para as seis canções do clássico disco de estreia, Ten: “Once”, “Why Go” e os hits “Even Flow”, “Jeremy”, “Alive” e “Black”. E por falar nesta última, que música é essa!!! A perfeição desta balada é algo inigualável. Emociona até pedra!

As mais recentes “Just Breathe” (lindíssima), “Amongst the Waves”, “Unthought Known”, “The Fixer” “Gonna See My Friend” e “Got Some” do ótimo último album de estúdio, Backspacer, funcionaram muito bem ao lado de clássicas como “Given to Fly”, “Not for You”, “State of Love and Trust”, “Spin the Black Circle”, “Betterman” e “Yellow Ledbetter” (que sempre finaliza bem os concertos da banda).

Mais uma vez foi maravilhoso assistir a um show do Pearl Jam. Melhor ainda, ao lado de meus melhores amigos. Espero que isso se repita muitas e muitas vezes e que não demore seis anos novamente para isso.

Uma observação: quem nunca foi a um show de Eddie Vedder e Cia. e que gosta de rock sem frescuras, ou apenas de uma boa música, por favor não perca outra oportunidade. Satisfação mais do que garantida e adrenalina de sobra horas e horas após o espetáculo! Até o próximo show…

Setlist:

Go

Do The Evolution

Severed Hand

Hail Hail

Got Some

Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town

Given To Fly

Gonna See My Friend

Wishlist

Amongst The Waves

Setting Forth

Not For You

Even Flow

Unthought Known

The Fixer

Once

Black

Just Breathe

Inside Job

State Of Love And Trust

Olé

Why Go

Jeremy

Last Kiss

Better Man

Spin The Black Circle

Alive

Baba O’Riley

Yellow Ledbetter

Minha galera no show do PJ

This entry was posted in Shows. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *